Comida árabe, melhores pratos e curiosidade

Em primeiro lugar, a comida árabe, para os países do oriente médio e sua cultura milenar é motivo de orgulho. Portanto, ela foi difundida em vários outros países. Pois, carrega consigo não só sabores. Mas, cultura popular e religiosa também. A culinária árabe é maravilhosa e por isso veremos alguns pratos árabes típicos e curiosidades desta iguaria.

Muito rica em alimentos saborosos, a comida árabe também agrega muito à cultura brasileira. E até hoje vem conquistando nosso paladar e garantindo mais espaço em nossa mesa. 

Falafel é um dos pratos típicos mais deliciosos da comida árabe

Origens e influências da comida árabe 

A priori, a base alimentar da comida árabe foram: trigo, cevada, carne, arroz, tâmaras e alguns produtos derivados do leite. Preparados cozidos em água, misturados em gordura e assados na brasa ou vapor. Ou ainda, conservados em salmoura com sal e azeite. 

A variedade da comida árabe é enorme. Suas especiarias vão desde confeitaria até receitas em que o carneiro é o principal ingrediente.

Os árabes também são muito famosos pela sua panificação, e um exemplo disso é o pão sírio.

Enfim, de raízes milenares, a cozinha árabe nos proporciona grandes técnicas e ensinamentos de como lidar com cada tipo de alimento. 

Os primeiros hábitos alimentares da população do território da Arábia se baseiam em:

  • Trigo;
  • Cevada;
  • Tâmaras;
  • Carne;
  • Arroz;
  • Alguns produtos derivados do leite.

À medida que os anos foram passando, as migrações pelo Oriente Médio trouxeram mais diversidade de ingredientes ao cardápio de comida árabe.

Após o povoamento de áreas próximas aos rios Tigre e Eufrates, tornou possível a pesca, a agricultura e a domesticação de animais.

Grande parte desses ingredientes eram cozidos em água, misturados em gordura e assados na brasa ou no vapor. Era usada uma salmoura com sal e azeite pera conservá-los.

Os temperos da comida árabe

Os temperos da culinária árabe possuem sabor característico e bem forte. Veja! 

  • . Melaço de romã: No Líbano, esse melaço é usado como substituto do açúcar em preparo de doces. Mas também no preparo de salada e pão sírio;
  • . Mahlab: De sabor forte e amargo, esse grão é extraído da semente da cereja-brava e usado no preparo de doces. Seu principal uso é em pães, biscoitos e bolos;
  • . Zauba: Trata-se de uma erva de origem mediterrânea e usada em molhos e saladas. No Brasil conhecemos como orégano;
  • . Pimenta Síria: Também conhecida como pimenta-da-jamaica. Essa pimenta é uma mistura de canela em pó, pimenta-da-jamaica, noz-moscada em pó e cravo da índia;
  • . Zaatar: Muito utilizado em pães e esfias. Logo, o zaatar é uma mistura levemente ácida que leva gergelim torrado, tomilho, manjerona e sumagre.
Zaatar é um tempero muito comum na culinária árabe

Itens mais consumidos na comida árabe

A seguir alguns itens que você vai encontrar na culinária árabe. Entre eles estão:

  • . Carne: As carnes mais usadas são frango e carneiro. Neste sentido, a carne de boi, de camelo, de alguns pássaros e peixes são pouco usadas. Da mesma forma, a carne de porco não é consumida nessa região;
  • . Farinha: Tanto das pessoas árabes ricas quanto das pobres, vários tipos de farinha fazem parte da alimentação;
  • . Doces: Os pratos doces da comida árabe são, em sua maioria feitos com mel, frutas secas, nozes e amêndoas. As sobremesas geralmente são aromatizadas. E com essências de flor de laranja e rosas;
  • . Laticínios: O leite e seus derivados são muito usados na alimentação dos povos árabes. Em pratos de origem árabe geralmente você vai encontrar o iogurte, queijos, creme de leite e manteiga.
  • . Burghul-trigo: Este por sua vez é utilizado na preparação de diversos pratos típicos da comida árabe. Existem três formas para utiliza-lo: fino, grosso ou o trigo inteiro.
Quibe é uma iguaria da comida árabe

Utilização de bebidas, grãos frutos e vegetais na comida árabe

Sem dúvidas, as bebidas quentes são as mais consumidas, principalmente o café. No entanto, quando falamos de bebida alcoólica, a cerveja ganha. Logo, pode ser encontrada de vários tipos;

Já o grão mais encontrado na comida árabe é o arroz. Nas massas e no pão você também vai encontrar o trigo e a semolina. Além disso, no café da manhã encontramos deliciosas sopas de feijão. E na falta de carne ganham espaço a lentilha, a ervilha e o grão-de-bico.

As frutas e vegetais também fazem parte da comida árabe. Porém, como pratos de entrada nas refeições ou servidos como acompanhamento. 

Culinária árabe típica

Vale lembrar também que os árabes são famosos pela sua panificação. Por exemplo, temos o pão sírio. Assim sendo, veja a seguir alguns exemplos de comidas típicas da culinária árabe.

Quibe

Este é o prato típico árabe mais conhecido no Brasil. Feito com trigo de quibe, pode ser assado ou frito. Logo, esse trigo é misturado em carne de boi moída e cebola. O limão e a hortelã temperam este prato delicioso.

Imagem mostra o quibe que é uma iguaria da culinária árabe

Tabule é muito comum na comida árabe

O tabule é considerado uma salada e consumido em cima de folhas de alface. Pois, este prato típico libanês antes da refeição é um excelente aperitivo. Este prato é composto de trigo para quibe, pimenta, cebola, hortelã, tomate, limão, salsa e ervas típicas.

Imagem mostra o tabule que é um prato bem comum na culinária árabe

Esfirra

Em síntese, este prato também é muito famoso no Brasil. Embora estejam disponíveis diversos sabores. Porém, o mais comum e típico é de carne vermelha temperada com cebola, tomate e molho feito com base de gergelim. No entanto, eles oferecem a esfirra aberta ou fechada e de qualquer forma é deliciosa.

Arroz sírio

O arroz sírio é feito com sal e manteiga. É um bom acompanhamento para carne. Após cozido o arroz é misturado em macarrão bem fino. Logo, é um prato muito popular. Portanto, encontramos muitas variações do arroz sírio. Além das comidas citadas acima você ainda vai encontrar o grão-de-bico e o purê feito a partir de berinjela.

Homus

Também conhecido como húmus, o homus é um alimento de origem árabe, feito a partir do grão-de-bico cozido e espremido.

Imagem mostra o hommus que é muito comum entre os pratos típicos arabes

O resultado é uma pasta deliciosa consumida com torradas e pães, como o pão sírio, por exemplo.

Kafta

A kafta é um prato bem versátil da culinária árabe típica. Ele pode ser feito de várias maneiras: assado no forno, na churrasqueira ou em uma fritadeira.

Imagem mostra a kafta que é um prato popular na culinária árabe

Babaganush

O babaganush é um dos acompanhamentos mais queridos da cozinha árabe. o prato é geladinho e perfeito para várias ocasiões.

Tajine de cordeiro com Cuscuz

O tajine de cordeiro com cuscuz é um prato delicioso que vem direto do Marrocos. Embora não seja originário da península arábica, o prato ganhou o coração da culinária árabe.

Kebab de Pernil com Molho de Hortelã

O kebab, um tipo de espeto de carne e  vegetais, é um dos itens mais famosos da comida árabe. Nesta receita você pode prová-lo com um toque refrescante de hortelã.

Lanches e aperitivos da comida árabe

Muito difundida no Brasil, a culinária árabe é conhecida por seus pratos repletos de especiarias e ervas aromáticas como a pimenta-síria, cominho, hortelã e salsinha. Veja então, alguns lanches e aperitivos da comida árabe:

Mini kaftas

Essa opção em miniatura de kafta acompanhado com molho refrescante feito com iogurte natural desnatado, pepino e hortelã, é uma ótima opção de aperitivos da comida árabe para encontros sociais. 

Shawarma

O shawarma é um tradicional lanche originário do Oriente Médio. É uma excelente alternativa para quem gosta de variar nos lanches.

O prato é feito com fatias de carne de frango ou de carneiro assadas e depois servidas com legumes no pão árabe. Sua peculiaridade fica por conta dos combinados de temperos, recheios e acompanhamentos.

Imagem mostra o Shawarma que é bem comum dentre a culinária árabe

Coalhada seca

A coalhada seca é tão saborosa que você nunca mais vai comprar o prato pronto. Feita com apenas quatro ingredientes, tudo que você precisa para saborear esse creme tradicional em casa, são : leite integral, iogurte natural, sal e azeite.

Falafel

O falafel é um bolinho de grão-de-bico muito aromático, vegano e vai conquistar o seu paladar.

Feito apenas com ingredientes que não são de origem animal, o aperitivo da comida árabe, também leva alho, cebola, cominho,salsinha, pimenta-caiena, cardamomo,coentro e fermento. Bata tudo e frite os bolinhos.

Kibe cru

O kibe cru é um dos pratos mais tradicionais da culinária árabe. Então, caso queira experimentar um aperitivo verdadeiramente árabe, essa é a melhor opção.

Charuto de folha de uva

O charuto de folha de uva é um dos pratos mais populares no Brasil, quando falamos de comida árabe. 

Imagem mostra o charuto de folha de uva

O prato nada mais é do que uma mistura de arroz, com carne moída enrolado em uma folha de uva.

Doces típicos da comida árabe 

Se você também é daqueles tipos de pessoas que amam doces e estão sempre em busca de novos sabores, esses doces típicos da comida árabe são perfeitos para você.

Doce de semolina

O doce de semolina é um dos doces típicos mais comuns e populares encontrados em restaurantes de comida árabe.

Uma opção prática e muito fácil de preparar é o Irmik Tatlisi. Feito à base de semolina, ele também leva açúcar, manteiga e água em sua composição.

Essa delícia pode ser servida com nozes ou amendoins. Ficará simplesmente irresistível.

Baklava

O baklava é mais uma opção muito famosa de doce da cozinha árabe. Trata-se basicamente de uma massa folhada recheada com mix delicioso de castanha de caju, nozes, amendoim e pistache.

Imagem mostra a klava que é um doce muito gostoso e muito consumido no oriente médio

Harisse é o bolinho da comida árabe

O harisse é uma espécie de bolinho de semolina. Esta receita doce da culinária árabe é ótima para servir como sobremesa de um jantar especial.

Também pode ser servido no lanche da tarde acompanhado de um chá quentinho. Seu modo de preparo é muito simples e fácil. Para finalizar, espalhe uma calda de água com açúcar e cravo da índia por cima.

Mamul de nozes e tâmaras

Estes bolinhos são perfeitos para quem quer inovar nos doces. Bonitinhos e cheios de sabor, além de super diferentes, eles também levam poucos ingredientes:

  • Açúcar de confeiteiro;
  • Manteiga;
  • Ovo;
  • Conhaque;
  • farinha de trigo;
  • Fermento em pó;
  • Tâmaras;
  • Nozes; 
  • Canela.

Ataif é um doce delicioso da comida árabe

Além de ser delicioso, o ataif é um banquete para os olhos. O doce libanês é feito em algumas etapas, mas de forma simples e bastante intuitiva.

Bebidas típicas da comida árabe

Tente o seu paladar com essas bebidas típicas da culinária árabe, com muita tradição.

Café Árabe

Símbolo da hospitalidade árabe, essa bebida típica da culinária árabe é tipicamente temperado com cardamomo, cominho, cravo e açafrão.

Tomar café árabe com os amigos é um ritual social tradicional e geralmente é servido acompanhado de um prato de tâmaras frescas.

Jellab

O jellab é uma bebida árabe clássica. É uma mistura de melaço de uva e água de rosas, com coberturas opcionais de pinhões e passas.

É uma bebida típica da culinária árabe muito popular para se tomar em uma noite quente de verão.

Laban

O laban é uma bebida da comida árabe saudável o suficiente para ser incluída em planos de dieta graças ao seu nível elevado de proteínas.

É uma bebida muito refrescante de soro de leite muito fácil de encontrar em qualquer supermercado.

Rica e cremosa essa bebida láctea pode ser apreciada sozinha ou aromatizada com tâmaras, água de rosas, água de flor de laranjeira ou especiarias como açafrão e cardamomo

Chá árabe

Na sociedade árabe o chá é uma bebida importante e muito popular. Ela denota hospitalidade e etiqueta.

Imagem mostra um chá árabe

Além disso, os árabes dizem que muito além do sabor marcante, os chás também têm a capacidade de curar o corpo e acalmar a mente. O chá árabe é produzido com hortelã, chá verde e especiarias. 

Arak

O arak é um destilado de sabor exótico e marcante, com teor alcoólico alto, 45,9%, conhecido como “leite de camelo”.

Esse néctar da culinária árabe é preparado a partir de uvas fermentadas e destiladas com infusão de anis.

Além disso, o arak também pode ser produzido com tâmaras, ameixas, damascos e maçãs. De aparência translúcida, esse néctar dos deuses árabes começa adquirir um aspecto leitoso quando em contato com água e pedras de gelo.

Ingredientes da culinária árabe 

Segundo a história, originalmente os árabes da península Arábica tinham sua alimentação baseada numa dieta de tâmaras, trigo, cevada, arroz e carne, com pouca variedade e uma ênfase em produtos semelhantes ao iogurte.

À medida que os povos da península se expandiram pelo Oriente Médio e pelas regiões vizinhas, seus gostos e ingredientes também sofreram alterações.

Além disso, eles também perceberam outra variedade de alimentos e ingredientes disponíveis.

Hoje em dia, itens como carne de carneiro e de frango estão muito presentes na gastronomia árabe. Também são consumidos gado, cabrito , camelo, além de outros tipos de aves.

Nas faixas do litoral, também é notada a presença de pescado. A carne de porco nunca é consumida, porque é um tabu religioso e cultural, além de ser proibida pela lei islâmica.

Os laticínios como iogurte e queijos brancos também fazem parte da dieta árabe. Menta e tomilho são as ervas e especiarias usadas com mais frequência na maioria dos pratos. 

Mas, também é comum o consumo de gergelim, açafrão, açafrão-da-índia, alho, cominho, canela e o sumagre.

Em relação aos grãos, os árabes consomem o arroz como alimento base, usado na maioria dos pratos. Logo depois vêm o trigo, o bulgur e a semolina.

A lentilha, junto com a fava e o grão-de-bico é a queridinha entre os legumes. Os vegetais mais usados são;

  • Pepino;
  • Beringela;
  • Abobrinha;
  • Quiabo;
  • Cebola;
  • Frutas cítricas.

Conclusão, vale a pena experimentar a culinária árabe?

Vale a pena sim, pois é deliciosa e única. Porém, concluindo esse nosso breve relato de curiosidades e pratos típicos da comida árabe. Podemos perceber que a sua culinária é cheia de sabores, rituais e também muitas tradições.

Dessa forma, ganhou o paladar do mundo inteiro. Pois, é muito rica em sabores. Por fim, conta para gente: qual seu prato de comida árabe favorito?

Espero que tenha gostado! Caso queira se aprofundar veja alguns livros sobre o assunto.

Perguntas frequentes sobre a comida árabe

Quais os principais pratos da culinária árabe?

Não dá para falar de comida árabe sem citar o Homus, aquela deliciosa pasta de feijão com grão de bico super tradicional nos pratos típicos de lá. Entre os principais pratos da culinária árabe, merecem destaque o kibe e as esfirras.

O que servir em um almoço árabe?

Em um almoço árabe você vai encontrar muitas delícias servidas juntas na mesa, como: homus, tabule, babaganuche,kafta, falafel, charuto de folha de uva, abobrinha recheada, arroz sírio, entre outras.

O que os árabes costumam comer?

A cozinha milenar árabe cheia de nutrientes e vitaminas, vai muito além do tradicional quibe e esfiha. Os árabes também têm o costume de comer grãos, como grão de bico, trigo e lentilha, frutas, assados, carnes brancas e grelhadas.

O que não pode faltar em um jantar árabe?

Na hora de preparar um jantar árabe, o pão sírio, homus, coalhada seca, hortelã, carne moída e grão de bico, são itens que não podem faltar.

Deixe uma resposta