Alto Caparaó, uma cidade de café e turismo

A cidade de Alto Caparaó, além de abrigar um famoso Parque Nacional, também é internacionalmente conhecida como a terra que produz o melhor café do Brasil. Com alto nível de experiência no ramo, os pequenos produtores da cidade têm se especializado cada vez mais na agroflorestal.

Em nosso guia Alto Caparaó, café e turismo, você vai encontrar tudo que você precisa saber do plantio até a sua xícara. Vem com a gente e mergulhe em um mar de sabores, notas sensacionais e blends.

Você pode também aproveitar o passeio para visitar algumas fazendas produtoras de café. Falaremos como fazer isso mais adiante. Confira!

Economia: Alto Caparaó, café e turismo

Embora seja uma cidade pequena, Alto Caparaó, é de grande importância para Minas Gerais. Pois, faz parte do Parque Nacional do Caparaó. Mas, além disso, possui uma outra qualidade da qual falaremos a seguir: O café.

Apesar de ser muito influenciada pelo turismo, a economia da cidade é muito focada na produção de café. Tal fato é muito perceptível já no caminho, quando você passa por diversas fazendas de café.

O turismo de café já é uma realidade em Alto Caparaó. Por esse motivo os produtores de café da região, vem se preparando cada vez mais para atender a demanda crescente de visitantes.

A produção do café é uma prática bastante tradicional na região. O que mudou recentemente é que seu foco está voltado para qualidade e não quantidade. Indicamos o passeio para todos. E tenha certeza que você vai se apaixonar.

Cafés especiais em Alto Caparaó

O produtor da Fazenda Ninho da Águia, Clayton, foi quem percebeu que a região de Alto Caparaó era perfeita para a produção de cafés especiais. Então desde 1993 vem se dedicando a isso. Ele se dedicou a melhorar a qualidade do café caparaoense.

Com o tempo o resultado de seu trabalho veio. Como diz o velho ditado “quem planta colhe”, seu trabalho foi reconhecido quando ganhou o prêmio de melhor café do Brasil. E hoje a Fazenda Ninho da águia vende café para diversos países do mundo, como: Austrália, Alemanha, Inglaterra, Japão e até a Rússia.

A partir de então, outras fazendas começaram a investir muito em qualidade. O que fez com que a região se tornasse famosa mundialmente pela qualidade do café. Tornou-se também ponto de estudo para especialistas do ramo.

Alto Caparaó, café e turismo: Visitar as fazendas de café

Confira a seguir, um roteiro com o melhor da simplicidade e sofisticação. Pois, para os amantes do café, visitar os produtores locais será uma grata surpresa, além de um passeio alternativo para quem está em busca de natureza

1.      Fazenda Ninho da Águia

Como disse acima, em Alto Caparaó é possível você visitar uma fazenda produtora de café. Então, uma delas é a Fazenda Ninho da Águia. Lembrando, que essa não é só mais uma fazenda de café, é a melhor fazenda de café. Pois, o café deles foi eleito o melhor café do Brasil.

Seu Aídes irá receber você com muita simpatia. Logo, com muita emoção ele conta a história de toda região. Desde a época em que nem existia o Parque Nacional, até os dias atuais.

Imagem mostra a fazenda ninho da águia. um lugar incrível para amantes de café em Alto Caparaó

Em sua voz você pode sentir a sua paixão por aquelas terras e toda sua cultura. Portanto, sua família sempre esteve envolvida com o desenvolvimento da região. Seu filho Clayton, foi quem teve a iniciativa de criar a Ninho da Águia, o que revolucionou literalmente a produção de café em Alto Caparaó.

Enfim, como se não bastasse tudo isso, seu café é servido no consulado brasileiro de Londres.

2.      Sítio Pé de Breu

O Sítio Pé de Breu, está localizado a uma altitude média de 1200 m, próximo às matas do Parque Nacional do Caparaó. Isso dá um certo privilégio para que o café mantenha suas características mais marcantes. É uma propriedade de agricultura familiar. São 80 anos e quase 4 gerações na produção de café.

Em sua última geração, o sítio entrou no mundo fascinante dos cafés especiais. Ou seja, houve uma mudança radical nos métodos de produção e colheita, atingindo um nível acima no que tange a qualidade e preservação.

Imagem mostra uma mesa com café na cafeteria Pé de Breu em Alto Caparaó

Hoje o sítio trabalha com os cafés 100% Arábica. Mas, também produz cafés mais finos e requintados. Sua altitude é ideal para a produção de cafés de qualidade superior. Logo, seu aroma é intenso e os sabores são muito variados.

Então, em uma viagem por Alto Caparaó, não deixe de visitar o Sítio Pé de Breu. Eles oferecem um roteiro turístico que apresenta o café especial da planta até a xícara. E para finalizar você terá ainda um mini curso de barista com um maravilhoso rodízio de cafés e comidas típicas da região.

3.      Recanto dos tucanos

O Sítio Recanto dos Tucanos é um local privilegiado. Pois, está localizado em uma altitude que varia entre 1.200m à 1.500m. É cercado por montanhas e vales, e as paisagens são realmente de tirar o fôlego.

As plantas são cultivadas em consórcio e dispostas em linhas paralelas, onde intercalam sempre em linhas de portes e características diferentes. Aqui o objetivo é aproveitar a terra, levando em consideração a preservação das espécies nativas.

O consórcio de diferentes tipos de espécies tanto frutíferas quanto hortaliças e em vários tempos de colheita, é muito benéfico para o agricultor. Pois, assim ele retira constantemente uma fonte de renda da terra.

Conclusão: Alto Caparaó, café e turismo

Concluindo, como você viu acima em ‘Alto Caparaó, café e turismo’, essa pequena cidade é um destino bastante conhecido por suas fazendas de café e também pela prática do ecoturismo.

A cidade, como mencionado, faz parte do Parque Nacional do Caparaó, e fica na divisa entre Espírito Santo e Minas Gerais. No entanto, caso você esteja com saudades ou queira conhecer Minas e seu povo simpático, opte por conhecer o lado mineiro do parque.

Enfim, Alto Caparaó é um verdadeiro paraíso mineiro, de muitas belezas naturais, história e cultura. Além é claro, do melhor da gastronomia mineira. Então não deixe de dar uma passadinha por lá. Pois existem diversos lugares interessantes esperando por você.

Até breve!

Abraços!

Recado extra

Este texto é uma blogagem coletiva com o tema “cafés” por isso após ver meu conteúdo, recomendo ver o conteúdo dos colegas também.

15 comentários em “Alto Caparaó, uma cidade de café e turismo”

  1. Luana Lopo

    Adorei essas indicações em Alto do Caparaó! Nunca imaginei que tivessem tantas opções deliciosas assim!

  2. Alessandra Kleis

    Que lugar bacana para visitar! Café Alto do Caparaó muito interessante pra conhecer e levar a família.

  3. Nossa, eu sou apaixonada por café e não conhecia Alto Caparaó… um lugar super diferente e interessante para passear com a família! Adorei a dica

  4. Ah, já me apaixonei!! Ainda não estive no Alto Caparaó, que já está em minha lista de destinos. Não sabia que era uma cidade de café, já amei demais e logo vou poder fazer turismo lá e curtir muito café!!

  5. Que bacana esse local, vou adorar fazer esse tour pelas fazendas produtoras e ver os cafés de Alto Caparaó.

  6. Jessica Soares

    Nossa me apaixonei pela simplicidade e por tantas delícias expostas.
    Adoro esse clima de fazenda e com certeza os cafes do Alto Caparo entrou na minha lista!

  7. Olha só, nunca tinha ouvido falar em Alto Caparaó nosso Brasil é demais mesmo. Fiquei bem surpresa ao saber que é o local que produz o melhor café do Brasil.

  8. giprosdocimi

    Adoraria conhecer Alto Caparaó e poder visitar o parque e tomar um cafezinho especial por aquelas bandas, deve ser uma viagem maravilhosa.

  9. Desconhecia Alto do Caparaó, muito legal o teu post, fiquei curiosa para conhecer o local e provar o melhor café do Brasil.

  10. Elizabeth Werneck

    Uau, Adorei muito essas indicações de cafés no Alto do Caparaó!
    Essa região tem fama de ter os melhores cafés de Minas gerais. Obrigada por compartilhar

  11. Norma Carvalho

    Está nos meus planos há muito tempo conhecer o Alto do Caparaó, mas realmente não conhecia a história da região com o café. Para mim foi mais um motivo para querer conhecer a região. Espero em breve poder fazer isso e esse post irá me ajudar muito. Grata por isso.

  12. ANGELA MARTINS

    Não sabia dessa vocação turística do Alto Caparaó! Muito interessante conhecer uma fazenda produtora de café!

  13. Tábata Cristina

    Eu amo o Alto do Caparaó. Já estive 3 vezes na cidade, mas ainda não fiz o passeio pelas fazendas de café. Esse passeio fará parte do meu próximo roteiro na cidade. Obrigada pela dica!

Deixe uma resposta